Perdão

2011-02-23

sorry

Sorry (by-nc-sa Alex Cockroach)

Perante as reacções provocadas pelo meu comentário na rede social Twitter, quero pedir perdão publicamente. Sinto-o. Cometi um erro e sou consciente de que, com as minhas palavras, pude ferir a muitas pessoas.

Os que me conhecem sabem que muitos dos meus amigos são pretos, árabes, gais, lésbicas, transexuais, judeus, mulheres, anões, deficientes com muito diversas deficiências, pessoas com enfermidades raras, cineastas espanhóis, enfermos mentais, vítimas de ETA, vítimas do GAL, vítimas dos GRAPO, vítimas do EGPGC e de RG, vítimas da violência de género machista, pessoas com disfunção eréctil, pessoas com tumores, toxicómanos, obesos mórbidos e, em geral, pessoas pertencentes a colectivos minoritários. Incluso conheço a um cara como o síndrome de Von Willebrand.

Eu sempre lutei pelos seus direitos. Por isso lamento profundo que o meu desafortunado comentário na rede social Twitter dera uma impressão equivocada sobre a minha pessoa. E lamento, acima de todo, os prejuízos que pudera ter causado ao colectivo afectado.

Mais uma vez, as minhas mais sinceras desculpas.

Versão da desculpa de Jose A. Pérez (@mimesacojea), baixo licença Creative Commons.

Categories : Reflexão